Tag Archives Trump

Eu sei da contradição: como podemos chamar Donald Trump de mentiroso se ele não passa de uma pessoa alheia ao conceito de verdade ou mentira? Trump é um eficiente fabricante de estórias e de lorotas. A mesma pessoa que considera um trote democrata a história da interferência russa nas eleições do ano passado no sábado acusou o ex-presidente Obama de fazer pouco para impedir esta intrusão. Aqui é verdade: Obama não agiu com energia contra esta interferência para não parecer que estava intervindo a favor de Hillary Clinton (o engajamento de Putin era para beneficiar Trump). O fundamental foi o cálculo do ex-presidente de que não precisava agir, pois Hillary iria vencer a eleição. Obama errou, nada disso isenta Trump. […]

EU entro com atraso no assunto Cuba, pois a mera conversa sobre a ilha castrista é um atraso. Muita onda está sendo feita sobre a decisão do presidente Trump anunciada na sexta-feira de reverter a política de normalização de relações entre EUA e Cuba, que foi empreendida pelo antecessor Barack Obama. Muita onda feita que Trump mostrou ser um político que cumpre a palavra. Ele, na verdade, é seletivo: cumpre algumas promessas de campanhas, outras não e no caso cubano é tudo meio a meio. No Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca foram apresentadas propostas de “tudo ou nada”. No final das contas, foram adotadas algumas restrições de viagens e comércio, mas nada radical. Não foram cortadas as relações diplomáticas […]

Pobre Donald. Tudo o que ele quer é tuitar, jogar golfe, fazer a América grande novamente e trocar uns afagos com o Vladimir. E no meio do caminho, estão juízes que não são lá muito americanos, europeus mariquinhas, ambientalistas ainda mais mariquinhas, gente paranóica acusando o presidente de tudo quanto é tipo de conflito de interesses e até um ex-diretor do FBI, James Comey que tem a petulância de chamar Trump de mentiroso e tramar o caso por obstrução de justiça. Trump bravateia que esta disposto a depor sob juramento para desmascarar Comey. Outro que não larga do pé do Trump é o jornalista e escritor Timothy O’Brien. Educacional saber a sua história sobre as declarações juramentadas de Trump. O’Brien […]

  O aguardado depoimento de James Comey correu conforme as expectativas na quinta-feira. Bombástico, mas nada que levasse a uma explosão de Washington ou em particular do governo de Donald Trump. O ex-diretor do FBI comandou o palco no Senado um mês depois de sua demissão, Em geral, impassível, mas expressou emoção ao relembrar os ataques “difamatórios” de Trump ao FBI. Comey chamou o presidente de mentiroso (não estou chocado, chocado), mas não afirmou que houve um pedido direto para que sustasse a investigação sobre Mike Flynn, o ex-assessor de segurança nacional que está no coração das investigações sobre um possível conluio da campanha eleitoral de Trump com os russos. Ele disse que se sentiu “direcionado” para sustar a investigação. […]

Donald Trump tem esta capacidade para ser um unificador. Ele obrigou mesmo os adversários do prefeito de Londres, Sadiq Khan, a sairem em sua defesa.  Trump com sua oratória se considera uma espécie de Churchill do Twitter e foi à carga contra o prefeito muçulmano de Londres quando a cidade é vítima do terror islâmico. O Churchill do Twitter como de hábito mentiu, distorcendo as palavras de Khan. O prefeito disse que os londrinos não deveriam ficar alarmados pela crescente presença policial nas ruas. O Churchill de Mar-a-Lago tuitou que o prefeito dissera que “não havia razão para alarme”. É intrigante, à primeira vista, a atitude de Trump. E ele dobrou a aposta na calúnia. Não deu outra: a primeira-ministra […]

É sábado e muitos americanos estão jogando golfe. E adivinhem quem é um aficionado? Claro, ele, Donald Trump. Nas horas vagas, o golfista inclusive trabalha de presidente. Jogador e investidor no esporte, Trump dá suas tacadas na política com a cabeça feita no esporte. O golfe oferece muitos simbolismos sobre o jogo político do presidente americano. Sábado passado, ele não pôde jogar. Estava ocupado na cúpula do G-7 na Sicília. E uma cena simbolizou o distanciamento de Trump de outros líderes mundiais. Enquanto os dirigentes da Grã-Bretanha, França, Alemanha, Itália, Japão e Canadá caminhavam juntos pelas ruas de Taormina para tirar uma foto, Mr. Trump seguia o grupo em um carrinho de golfe. E olha que, de acordo com seu […]

Trump sendo Trump, ele manteve a promessa feita à sua base eleitoral, como trabalhadores das minas de carvão, e na quinta-feira confirmou a retirada dos EUA do acordo climático de Paris. O preço? Priceless. Em termos qualitativos, um presidente americano renega um acordo negociado por um presidente americano. Como o mundo pode confiar na palavra do chamado país líder do mundo livre? Em pouco mais de quatro meses de governo, Trump renegou o acordo comercial transpacífico, o acordo climático de Paris e gerou incerteza sobre a Otan, a aliança militar ocidental. E fez tudo isso de forma petulante. Dentro de casa, Trump detona o Obamacare o plano de saúde do ex-presidente. Trump detona a ordem estabelecida em nome de um […]

Ok, sair do acordo climático de Paris não é o fim do mundo, embora seja um desastre, mas Trump mereceu esta capa Der Spiegel em novembro. Ele é o fim da picada.

Donald Trump é tosco, como seus tuítes. Alguns dos seus assessores são mais refinados, mas são pavorosos mesmo quando escrevem textos mais sofisticados para dar verniz às ideias do chefe. Na quarta-feira, o Wall Street Journal publicou texto conjunto do general H.R. McMaster, assessor de segurança nacional, e de Gary Cohn, o diretor do Conselho Econômico Nacional. A ideia é justificar e tranquilizar o mundo (cada vez mais inquieto com Trump) que o slogan America First não significa que os EUA queiram que se dane a cooperação internacional. Dá para relaxar? Claro que não, especialmente depois das trombadas de Trump com outros dirigentes da Otan e sinais confusos na quarta-feira sobre a saída ou não dos EUA do acordo climático […]

Esta é a história de dois líderes do mundo transatlântico, da separação de caminhos que começa a ser traçada na aliança ocidental. Donald Trump retornou de sua primeira viagem internacional como presidente e no domingo tuitou que seu tour de nove dias no Oriente Médio e Europa fora um sucesso. Também no domingo, Angela Merkel, em comício em busca de reeleição e do quarto mandato, disse que chegou a hora da Europa planejar a sua própria rota, pois não pode mais depender completamente dos EUA como um parceiro de confiança. Merkel também mencionou uma nova realidade para a velha Europa, assim que a Grã-Bretanha consumar sua saída da União Europa em dois anos, de olho na necessidade de revitalizar o […]

Close
SiteLock