Tag Archives Rússia

Esta semana, milhares de russos foram às ruas protestar contra a corrupção e contra o regime de Vladimir Putin. Foram os maiores protestos em dez anos e milhares de manifestantes foram presos, inclusive os inflados patos amarelos, símbolos desta mobilização inspirada pelo ativista e blogueiro Alexei Navalny, que também foi preso Navalny é infatigável para denunciar corrupção do regime no seu canal de YouTube e entre tanto que já expôs está o santuário para patos na mansão do primeiro-ministro Dmitry Medvedev, conhecido como o Robin do Batman Putin e não por serem super-heróis. Daí o simbolismo dos patos. Sempre difícil flagrar o patrimônio de superPutin. Fala-se que o semiditador tem bilhões e bilhões de dólares. Sabe-se que a familia tem […]

Hoje é feriadão no país do Vladimir. Dia Nacional da Rússia e milhares de russos resolveram patrioticamente ir às ruas de Moscou e de outras cidades protestar contra o estado de coisas, mobilizados por Alexei Navalny. Como Navalny, milhares de pessoas foram detidas por clamarem por um país independente, usando palavras de ordem como “Rússia sem Putin”, “abaixo o czar”. Há cem anos, o czar de fato foi abaixo.

Em meio ao terremoto político gerado pela demissão do diretor do FBI, James Comey, por Donald Trump, o jornal espanhol El País tem uma recapitulação de fatos e números sobre as conexões russas do presidente, foco das investigações pela própria polícia federal americana e de comissões no Congresso. No círculo íntimo do presidente há ou havia 17 pessoas que possuem vínculos pessoais e econômicos com Moscou. Entre elas, um dos filhos de Trump, agora responsável pelas empresas do papai, e seu genro, que é seu assessor na Casa Branca. Trump está envolto nesta rede que o conecta a empresários russos e gente do governo Putin. Trump considera fake news que estas conexões tenham relevância política ou que possam ter influenciado […]

  A era Trump prenunciava uma grande jogada triangular. O novo presidente americano iria flertar com Vladimir Putin e esnobar Xi Jinping. Com menos de 100 dias de governo, os romances geopolíticos se mostram mais complexos. Sob suspeita e investigações em curso se sua campanha eleitoral agiu em conluio com os russos contra Hillary Clinton, além de enojado pela venenosa química entre Putin e o ditador sírio Bashar Assad, o presidente americano mantém uma certa distância de Moscou. Ele pessoalmente não tuíta insultos contra Putin, como faz com tanta gente, mas pessoal do alto escalão do seu governo expressa claramente a indignação com a parceria entre o czar russo e o ditador sírio. Trump até acena com um ataque militar […]

Como escrevi na terça-feira, já sabemos que corrupção mobiliza a população indignada em Seul, em São Paulo e na Sibéria. Sigo com o assunto desta mobilização na Rússia. E no país sob a quase ditadura de Vladimir Putin, é preciso saber escolher as ferramentas para a mobilização, como aconteceu nos protestos de domingo, acima das expectativas. Ferramentas podem ser faca de dois gumes. Basta ver a esperteza de Donald Trump que na sua arenga populista recorre tanto à velha televisão como ao Twitter. Uma pena para Putin que a camaradagem com o presidente americano pelo qual ele trabalhou para ser eleito não possa ser tão íntima como gostaria para aprender algumas malandragens, não que o presidente russo seja bobo. Putin […]

Vladimir Putin está tão habituado a disseminar desinformação e fake news que talvez até acredite em algumas, entre elas a força inexpugnável do seu poder junto às massas. Eu não estou muito convicto do que acabei de escrever. Acredito mais que a petulância de Putin seja fruto de insegurança. De qualquer forma, a palavra de ordem é a de que os protestos no domingo na Rússia contra a corrupção e contra o regime geral foram uma surpresa. A expectativa sempre é de mobilização em cidades como Moscou e São Petersburgo, com gente mais educada e cosmopolita. No entanto, a mobilização cobriu os 11 fusos horários da imensa Rússia, com protestos em mais de 90 cidades (até em Vladivostok, na Sibéria), […]

Raramente, os democratas demonstraram tanta indignação sobre o império do mal, a Rússia de Vladimir Putin, e nunca os republicanos expressaram tão pouca. É a era Trump, do presidente americano que se indigna com tanta coisa, mas não com o presidente russo. O contraste ficou claríssimo na segunda-feira no Comitê de Inteligência da Câmara dos Deputados na sabatina do diretor do FBI, James Comey, e do diretor da Agência de Segurança Nacional, almirante Mike Rogers. A manchete foi a confirmação de que existe uma investigação em curso do FBI sobre potenciais laços da campanha eleitoral de Trump com os russos interessados em influenciar a eleição. Em suma, trabalhar para impedir a vitória da democrata Hillary Clinton, recorrendo a hacking. Não […]

Um ex-coronel da KGB não brinca em serviço. Vladimir Putin já tem um presidente camarada na Casa Branca. Por que não em capitais europeias mais perto de casa? Alvos imediatos são Holanda, França e Alemanha, que realizam eleições gerais este ano. A estratégia de Putin é enfraquecer os partidos pró-União Europeia (de direita ou de esquerda), favorecendo movimentos populistas ao estilo da Frente Nacional de Marine Le Pen, com a qual ele compartilha a simpatia por Donald Trump. Na segunda-feira, o jornal britânico Telegraph, que é conservador, revelou que governos e serviços de segurança na Europa intensificam os alertas públicos sobre interferência russa nas eleições dos próximos meses, em meio ao crescente temor de ataques cibernéticos contra partidos políticos e […]

O termo da moda é fake news, as notícias falsas. Nos tempos da União Soviética, isto era a realidade permanente. A piada clássica envolvia os dois jornalões, Pravda e Izvestia. Dizia-se que não havia Notícias (Izvestia) na Verdade (Pravda), nem Verdade nas Notícias. Na era Putin, o camarada do presidente-eleito Donald Trump, a verdade sobre as noticias não mudou muito. A imprensa russa em grandíssima parte é ferrenhamente controlada pelo Kremlin, não passando de um instrumento de agitprop, agitação e propaganda. E muito ilustrativa é a narrativa sobre a carnificina na Síria, onde Putin se revelou crucial para garantir a sobrevida e agora a consolidação no poder do ditador Bashar Assad após cinco anos de guerra civil. Em duas exposições de […]

Faltou combinar com os russos (e também com os turcos). O atentado que matou o embaixador russo em Ancara comprova como a crise no Siraque (Síria + Iraque) se esparrama cada vez mais pela região, quando inclusive havia um esboço de combinação entre estas duas figuras insidiosas, Vladimir Putin e Recip Erdogan, para algum tipo de acomodação no meio da carnificina generalizada, uma acomodação facilitada pelo retraimento americano. O atentado atrapalha a vida dos dois. Para Erdogan, a prioridade é esmagar rebeldes curdos na Síria e não o Estado Islâmico. Para Putin, a prioridade é consolidar Bashar Assad pelo menos por uns tempos e não esmagar o Estado Islâmico. Fundamental para Putin, é esmagar quem contesta Assad (e o preço […]

Close
SiteLock