Tag Archives Israel

No meu comentário anterior, eu observei que os terroristas do Estado Islâmico estão acuados na Síria e no Iraque. O terror vive, mas não mais o tal do califado. Também observei que o regime genocida de Bashar Assad viverá, mas mantendo o controle sobre um território largamente reduzido. Usando um termo de favela carioca, não haverá pacificação em uma conturbada região do Oriente Médio. Teremos, isto sim,  o arrefecimento em algumas frentes de combate e o possível recrudescimento em outras. Vamos ficar apenas na Síria. Israel intensificou ataques aéreos contra posições militares do regime Assad. São alertas sobre uma possível nova guerra no Oriente Médio. A guerra civil na Síria nos faz esquecer o cansado conflito entre Israel e a […]

Em 5 de junho de 1967, Israel realizou um ataque preventivo contra seus  vizinhos árabes. Uma questão de autopreservação contra inimigos que juravam aniquilar o jovem estado judeu (19 anos de idade). Foi uma guerra fulminante e vitoriosa. Após dois mil anos, os judeus novamente controlavam seus locais sagrados em Jerusalém. E a ironia é que o rei Hussein fora avisado por Israel que, caso não se juntasse a egípcios e sírios, a Jordânia seria poupada, a Jordânia que controlava a Cisjordânia e Jerusalém Oriental. Eu, do alto dos meus 9 anos, morador do Bom Retiro, em São Paulo, estava extasiado, tão orgulhoso por ser judeu e já atuar no movimento sionista. Estava extasiado como os três paraquedistas da foto […]

Shimon Peres é o último da geração dos pais (e mães) fundadores de Israel que parte. Teve suas venalidades, vaidades, erros táticos e estratégicos. São menores para mim, um filho pródigo do sionismo, meu primeiro e vitalício ismo. Por todas as partes estão as biografias desta figura histórica, protegido de David Ben Gurion, o patriarca do estado judeu em 1948. Peres foi um tecnocrata, um político e um visionário. Passou décadas fazendo deus e o diabo para assegurar a segurança de Israel e passou as últimas décadas de sua longa vida lutando pela paz e pela busca de um lugar de Israel na região. Sim, o lugar está assegurado por obra de gente valorosa como Peres, mas digo isto também […]

Existem assuntos bem mais importantes, mas infelizmente preciso boicotá-los na coluna de hoje e ainda por cima para comentar com atraso uma noticia vergonhosa. Tenho muito mais o que fazer, mas o mesmo vale para a Associação de Estudos Americanos. Que vergonha! No entanto,  2/3 dos seus associados (é verdade que apenas 30% participaram da votação na segunda-feira) se posicionaram a favor do boicote de instituições de ensino superior de Israel, como parte de uma campanha mais ampla conhecida como BDS (Boycott, Divest and Sanctions). Chegou aqui com atraso, pois na segunda-feira, no meu Twitter (@caioblinder) já emplaquei um Shame! para dar minha opinião sobre a decisão. Assim, me antecipei ao editorial de terça-feira do Wall Street Journal, Shame on the Academy. Nunca […]

Vamos esclarecer: não se trata de preguiça para escrever ou dar minha própria opinião, mas se trata de um ritual da coluna. Se o assunto é Oriente Médio, não pode faltar a contabilidade do meu guru Jeffrey Goldberg (aliás, Goldberg & Blinder soa como nome de firma de contabilidade em Nova York). Então, vamos para as contas do Goldberg. Ele diz que com este acordo nuclear iraniano, o presidente Barack Obama atingiu 50% de suas metas na política direcionada ao país dos aiatolás. A primeira meta: impedir o regime iraniano de conseguir a posse de armas nucleares. A segunda: impedir Israel de atacar as instalações nucleares iranianas. A segunda foi atingida. Obama encurralou Benjamin Netanyahu de tal forma que não […]

Israelenses estão exasperados, os sauditas furiosos e os franceses criam algumas encrencas nas negociações nucleares, mas David Blair, do jornal britânico The Daily Telegraph, coloca as coisas no seu indevido lugar: existe um sentimento de resignação de que não haverá como evitar um acordo nas negociações nucleares, que tiveram uma recente rodada na qual avanços significativos foram frustrados pelos franceses. Na semana que vem, uma nova rodada. Apesar de contratempos nas conversações e esforços de alguns atores, como Israel, para torpedear a aproximação diplomática, existe resignação devido aos chamados facts on the ground. Os avanços do programa nuclear iraniano foram maciços. O que pode impedir o regime dos aiatolás de um dia fabricar a bomba? Israelenses e sauditas estão em estado […]

Com este jeitão na foto que mete medo, Yuval Diskin é um dos mais ativos e desbocados integrantes do esquadrão de ex-chefes de inteligência e segurança de Israel que são céticos sobre um ataque contra as instalações nucleares iranianas (dúvidas sobre a efetividade e ganhos a longo prazo) e que expressam alarme com a miopia estratégica israelense na questão palestina. Ex-chefe do Shin Bet (a segurança interna), Diskin acaba de alertar sobre a possibilidade de uma Primavera Árabe no território palestino da Cisjordânia. Em uma conferência patrocinada pelo próprio governo, Diskin disse que “existem todas as condições para uma insurreição das massas palestinas, pois na Cisjordânia há intensa tensão e frustração entres os palestinos. Eles sentem que sua terra está sendo roubada, o estado […]

Benjamin Netanyahu está em uma blitz publicitária em contraponto à ofensiva de charme diplomático do presidente iraniano Hassan Rouhani. O primeiro-ministro israelense é uma espécie de mensageiro solitário da desesperança sobre perspectivas de esvaziamento das tensões na crise nuclear entre o Ocidente (e Israel) e o Irã. Netanyahu adverte sobre complacência em negociações nucleares multilaterais. Nesta terça-feira, serão retomadas em Genebra as negociações envolvendo seis potências internacionais (EUA, Grã-Bretanha, França, Alemanha, Rússia e China) e o Irã. Rapidamente, teremos uma noção se tudo não passa de uma pantomina ou se a coisa decola. Netanyahu não está impressionado com as expectativas diplomáticas. A sua mensagem essencial: o Irã continua perigoso como sempre. O mundo não pode se deixar cativar pelo sorriso de […]

Semanas atrás no programa Manhattan Connection, da Globo News, a cara de Lucas Mendes ia ficando espantada enquanto eu ia respondendo a uma pergunta, abusando do gerúndio. Lucas continua sendo um texto lendário na televisão brasileira. Gerúndio segue não dando. Mas a culpa é da Síria. A pergunta do Lucas era direta: quem são os vencedores e perdedores nesta encrenca? Eu disse que os americanos estavam perdendo. O gerúndio indica uma ação contínua que está, esteve ou estará em andamento, ou seja, um processo verbal não finalizado. A geopolítica em torno da crise síria está assim, assim como nossa capacidade de sacar o que vem adiante. Estão sacando? Eu estou errando muito nas projeções da crise síria. O gerúndio me protege, pois […]

Será que vai sobrar ou não para Israel se os americanos atacarem alvos sírios? Israel é suspeito habitual no mundo árabe e a probabilidade de algum tipo de retaliação vai depender do alcance do ataque americano, que perdeu o senso de urgência devido a obstáculos diplomáticos e políticos. Muito improvável que seja alguma ação direta do regime Assad. Este regime, porém, não carece de capangas terroristas para aprontar alguma coisa. Pode ser o Hezbollah ou algum grupelho palestino. Dos aliados iranianos do ditador Bashar Assad, já foi incrementado o foguetório retórico. Israel claro que está sempre alerta em uma vizinhança tão perigosa. Está alerta e monitorando. O regime Assad e seus patronos e asseclas têm motivos para muita irritação com […]

Close
SiteLock