Tag Archives EUA

Na quarta-feira, após os tiros contra o deputado republicano Steve Scalise e quatro pessoas perto de Washington, Peter Beinart escreveu um texto na revista The Atlantic sobre o “clima” político e de virulência verbal nos EUA. Há um fogo cruzado (metafórico com raras exceções) entre liberais e conservadores (esquerda e direita no jargão brasileiro); entre democratas e republicanos. James Hodgkinson, o atirador morto devido aos ferimentos recebidos após ser alvejado pela polícia, era um simpatizante de Bernie Sanders, o radical de esquerda que perdeu para Hillary Clinton, nas primárias democratas.  Ele desprezava Hillary, mas seu ódio mais intenso alvejava republicanos e o presidente Trump. Isto está patente nos seus posts nas redes sociais, que devem ser acrescidos a seu prontuário […]

Em meio ao terremoto político gerado pela demissão do diretor do FBI, James Comey, por Donald Trump, o jornal espanhol El País tem uma recapitulação de fatos e números sobre as conexões russas do presidente, foco das investigações pela própria polícia federal americana e de comissões no Congresso. No círculo íntimo do presidente há ou havia 17 pessoas que possuem vínculos pessoais e econômicos com Moscou. Entre elas, um dos filhos de Trump, agora responsável pelas empresas do papai, e seu genro, que é seu assessor na Casa Branca. Trump está envolto nesta rede que o conecta a empresários russos e gente do governo Putin. Trump considera fake news que estas conexões tenham relevância política ou que possam ter influenciado […]

Assim como a dinastia Castro, a dinastia Assad tem exasperado presidentes americanos, um atrás do outro. Com Donald Trump, são nove, na conta de Robin Wright, a veterana jornalista que conhece a política externa americana e o Oriente Médio de trás para frente. Em um texto na revista The New Yorker, Robin Wright desenha o arco histórico. O secretário de Estado Henry Kissinger, sim, ainda vivo, teve o primeiro encontro com Hafez Assad (o papai do Bashar) em 1973, um encontro interminável em Damasco. A especulação entre jornalistas era a de que Kissinger fora sequestrado. Nas memórias, doctor K escreveu como era ingrato arrancar concessões do tirano. Nas suas memórias, outro secretário de Estado, James Baker, escreveu que negociar com […]

  A era Trump prenunciava uma grande jogada triangular. O novo presidente americano iria flertar com Vladimir Putin e esnobar Xi Jinping. Com menos de 100 dias de governo, os romances geopolíticos se mostram mais complexos. Sob suspeita e investigações em curso se sua campanha eleitoral agiu em conluio com os russos contra Hillary Clinton, além de enojado pela venenosa química entre Putin e o ditador sírio Bashar Assad, o presidente americano mantém uma certa distância de Moscou. Ele pessoalmente não tuíta insultos contra Putin, como faz com tanta gente, mas pessoal do alto escalão do seu governo expressa claramente a indignação com a parceria entre o czar russo e o ditador sírio. Trump até acena com um ataque militar […]

Kim Jong-un dispara mísseis. Donald Trump, tuítes. O ditador norte-coreano espera um dia acertar no alvo; o presidente americano tecla a esmo. Nas devidas proporções, os dois metem medo com suas armas. Como confiar no homem mais poderoso do mundo com sua propensão para mentir e inventar? Qual será a sua credibilidade quando ele tuitar sobre uma crise séria e urgente? A inquietação está em todas as partes e uma boa medida da apreensão inclusive no editorial da semana passada do Wall Street Journal, um jornal relativamente tolerante com as travessuras de Trump. O editorial começa assim: “Se o presidente Trump anunciar que a Coreia do Norte lançou um míssil que pousou a 100 milhas do Havaí, será que a […]

Raramente, os democratas demonstraram tanta indignação sobre o império do mal, a Rússia de Vladimir Putin, e nunca os republicanos expressaram tão pouca. É a era Trump, do presidente americano que se indigna com tanta coisa, mas não com o presidente russo. O contraste ficou claríssimo na segunda-feira no Comitê de Inteligência da Câmara dos Deputados na sabatina do diretor do FBI, James Comey, e do diretor da Agência de Segurança Nacional, almirante Mike Rogers. A manchete foi a confirmação de que existe uma investigação em curso do FBI sobre potenciais laços da campanha eleitoral de Trump com os russos interessados em influenciar a eleição. Em suma, trabalhar para impedir a vitória da democrata Hillary Clinton, recorrendo a hacking. Não […]

Ótimas notícias para o Brasil. O presidente Michel Temer foi o quarto dirigente latino-americano a conversar com Donald Trump desde a posse do homem em 20 de janeiro. Os dois conversaram no sábado à tarde por telefone enquanto Trump passa mais um fim de semana em uma das sedes do seu governo, o seu resort na Flórida. Ser o quarto, depois da Argentina, Colombia e Peru (com Pedro Pablo Kuczynski, papo ao vivo na Casa Branca), mostra um desinteresse de Trump em insultar ou criar caso com mais um país aliado dos EUA, como tem sido a praxe. O estrago dos últimas dias já fora de bom tamanho no encontro de Trump com Angela Merkel, que por default é a […]

Na visão de mundo de Donald Trump, não há muito solidariedade a refugiados. Eles são uma ameaça e não uma esperança em um país que ao longo da história teve altos e baixos na acolhida de imigrantes. Ao redor do mundo, os EUA são para tantos a terra das oportunidades, seja para começar algo novo, seja para terminar algo medonho como privação econômica, o horror da guerra ou algum tipo de perseguição que uma pessoa sofre por ser o que ela é. A oportunidade para quem chega também é a oportunidade para quem acolhe. E caso a ordem executiva de Trump, agora suspensa pela Justiça, seja novamente efetivada existe o temor de que irá por exemplo prejudicar partes do país […]

Em uma sentença esperada, três juízes de um tribunal de apelações decidiram de forma unânime manter a suspensão da ordem executiva do presidente Donald Trump, barrando temporariamente imigrantes de sete países de maioria muçulmana. O tribunal disse que o governo não mostrou evidências que jusitificassem a decisão em termos de urgência em segurança nacional, ou seja, que imigrantes destes países representassem uma ameaça terrorista premente. A guerra judicial continua, provavelmente na Corte Suprema, mas se trata de um grande revés para Trump, afinal enquadrar imigrantes e refugiados de países muçulmanos é marca registrada de sua agenda. A ordem executiva de Trump gerou protestos em aeroportos, processos de costa a costa e acusações de que, ao invés de contribuir para conter […]

O que Donald Trump esperava com suas ordens executivas e concretização de promessas de campanha eleitoral? Aplausos da Estátua da Liberdade? O fim de semana foi caótico e marcado por protestos e batalhas legais após a implementação da medida banindo temporariamente a entrada nos Estados Unidos de pessoas de sete países com população amplamente muçulmana, não apenas refugiados, mas até gente com residência legal no país. De novo, o que o presidente esperava? Claro que os protestos iriam se alastrar, embora vamos deixar claro, Trump tem uma base, ainda disposta a perguntar de que andar deve saltar do prédio quando ele ordenar o pula? Trump  não estendeu um ramo de oliveira a quem não votou nele, disparou o botão do […]

Close
SiteLock