Tag Archives Cuba

EU entro com atraso no assunto Cuba, pois a mera conversa sobre a ilha castrista é um atraso. Muita onda está sendo feita sobre a decisão do presidente Trump anunciada na sexta-feira de reverter a política de normalização de relações entre EUA e Cuba, que foi empreendida pelo antecessor Barack Obama. Muita onda feita que Trump mostrou ser um político que cumpre a palavra. Ele, na verdade, é seletivo: cumpre algumas promessas de campanhas, outras não e no caso cubano é tudo meio a meio. No Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca foram apresentadas propostas de “tudo ou nada”. No final das contas, foram adotadas algumas restrições de viagens e comércio, mas nada radical. Não foram cortadas as relações diplomáticas […]

Os obituários estavam de fato morrendo de velhice e enfim saíram à tona. Como refletiu Donald Trump, Fidel está morto. Na edição dominical, o obituário do New York Times era loooongo, tinha quatro páginas. Já o material sobre Cuba pós-Fidel (que deixara o poder formal há dez anos), o material é mais breve. Não há dúvida que temos um rompimento psicológico com a morte de Fidel, mas seu fantasma fora insuficiente para assustar a realidade de algumas mudanças. Em termos internos, há o projeto chinês de Raúl Castro. Em Miami, temos a little Havana. Em Cuba, a ideia é de uma little China, ou seja, a consolidação de um “socialismo de mercado” à la China: dar espaço para reformas econômicas, […]

Nicolás Maduro é o vexame chavista. A eleição que ele ganhou domingo por uma merreca de votos (em um resultado contestado pela oposição) confirmou sua incompetência em um jogo de cartas quase marcadas. A história dirá que este ex-motorista de ônibus não tem condições de conduzir o país em meio às suas turbulências politicas e econômicas. Ele talvez nem consiga chegar ao fim do mandato. Como Maduro é pequeno para fazer história, vamos a estorinhas do passado. Sei que a primeira é picuinha (mas esta coluna se dá este direito). Na Internet, circula um documento com uma suposta avaliação do seu desempenho profissional quando era motorista de ônibus nos anos 90. Maduro não era chegado no trabalho. Passava mais tempo […]

Na relação entre Venezuela e Cuba, o chavismo patrocina economicamente a ilha castrista, mas Fidel foi quem apadrinhou Hugo Chávez desde que o recebeu, com todas as honras e divagações intermináveis, em Havana, em 1994 quando ele ainda era um desconhecido e magrela tenente-coronel, que acabara de ser libertado da prisão, perdoado pela tentativa de golpe de 1992. Em 1999, Chávez chegou ao poder. Boa aposta de Fidel. A relação entre o geriátrico ditador cubano, que passou o poder para o irmão Raúl em 2008, e o jovem autocrata venezuelano, que talvez esteja no fim da vida devido ao câncer, é muito pessoal, mas também cimentou uma rede de laços econômicos e políticos entre os dois países. Pelos cálculos da […]

Que foto velha, assim como algumas ditaduras. Um dos personagens desta foto é familiar dos leitores. Dispensa maiores apresentações. O outro é Hafez Assad, já morto, cujo herdeiro é o atual ditador da Síria, Bashar Assad. Fidel está vivo [sic], mas seu irmão Raúl herdou o patrimônio cubano. A foto é de fevereiro de 1979, quando papai Assad visitava Havana e em Teerã acontecia o triunfo da revolução islâmica do aiatolá Khomeini. O regime iraniano vive, mas trocou de aiatolá-chefe (agora é Khamenei). Todos estes regimes (castrista, assadista e aiatolista) são amigos. Aqui falta mencionar outro integrante desta confraria infame, o chavismo. O regime presidido [sic] por Hugo Chávez é o mascote da turma, mas, como sabemos, está vigoroso no […]

Claro que o papa Bento 16 detesta o comunismo, mas lá está o sumo pontíficie na ilha governada por aqueles irmãos Castro, educados em colégio de jesuítas. Tal visita é um dilema e muita gente, que também detesta o comunismo tropical da dupla Castro, não abençoa esta visita. É verdade que João Paulo Segundo, o bravo papa polonês que encarou de frente a abominação comunista na Europa Oriental e visitou sua terra natal em 1979 já como sumo pontíficie, também esteve na ilha  caribenha (1998). Fidel,  que então governava, não se curvou às pressões por mais liberdade. Raúl agora no comando, mais pragmático e mais pressionado pela realidade, tem até se apoiado discretamente na Igreja para aliviar a carga sobre […]

A presidente Dilma Rousseff está para começar viagem oficial a Cuba  Não deveria fazer esta visita. O porta-voz do Itamaraty Tovar Nunes justifica em burocratês que o objetivo da viagem é “sistematizar o relacionamento econômico” entre Brasil e Cuba e que interesses mútuos não são movidos por solidariedade política. Claro que são. No mundo não dá para ignorar realpolitik ou interesses econômicos. Mas também não dá para ignorar a camaradagem do Brasil com a ditadura cubana. Como ignorar uma China a caminho de ser superpotência governada pela ditadura comunista? É chato ver como os EUA  “sistematizam” uma relação estratégica com a ditadura saudita, mas é um constrangimento necessário. No caso do Brasil, não só existe solidariedade política em relação a […]

Eu aprendi na revista “Superinteressante” que os golfinhos são inteligentes e espertos. A explicação estaria no tamanho do cérebro, ou,  melhor dizendo, na relação do peso e do cérebro com o peso do corpo todo. Os golfinhos só perdem para os humanos (quase todos).  E daí?  Precisava de uma isca para falar de Fidel Castro e os golfinhos do aquário de Havana.  Foi lá,  na semana passada,  na presença da veterinária Célia Guevara,  filha de “Che” que “El  Jefe” teve parte da antológica conversa com o repórter americano Jeffrey Goldberg,  da revista “The Atlantic”. Entre outras coisas, “El Jefe” disse:  os golfinhos são realmente inteligentes,  o modelo cubano não funciona mais e Mahmoud Ahmadinejad deveria parar de arrotar sandices antissemitas.  Mais tarde,  Fidel quis desdizer o negócio […]

Close
SiteLock