Tag Archives Argentina

Ferida, podre e combativa, Cristina Kirchner está de volta. Enrolou-se na velha bandeira do nacionalismo peronista e vai concorrer ao Senado argentino em agosto. Se eleita, de cara, a mulher-botox ganha imunidade parlamentar. Nada mais conveniente para esta musa corrupta de uma parte do peronismo. Sim, com ela, o peronismo está dividido, o que não é novidade, e não vai cicatrizar as feridas. O plano mais a longo prazo de Cristina é retornar à Casa Rosada nas eleições presidenciais de 2019. Presidente entre 2007 e 2015 (após o governo do marido Nestor), Cristina é odiada e desprezada pela maioria dos argentinos, mas tem um núcleo duro de adoradores, na faixa de 25/30%. Sendo otimista, se as eleições presidenciais fossem hoje, […]

Nem compensa matutar sobre a Venezuela, afinal acabei de ler a história sobre o confisco chavista de quatro milhões de brinquedos de uma fábrica para distribuição no Natal. Sobre o Brasil, eu não tenho presentes noticiosos a oferecer. Então, vou dar uma passada na Argentina para checar se existe algo promissor para reportar na América do Sul… não muito. O Financial Times foi uma das publicações que saudou e com razão a chegada de Mauricio Macri ao poder um ano atrás. O relato neste final de 2016 tem um tom melancólico mas não devastador. Macri convocou o ministério na semana passada para um retiro espiritual e não precisou refletir muito para admitir que gerara expectativas irrealistas de mudanças. O peso […]

O populismo barato, mas de custo exorbitante e escandaloso, na América Latina, vai sofrer mais um golpe com o impeachment de Dilma Rousseff. A Argentina, como todos sabem, saiu na frente com a ascensão ao poder de Mauricio Macri. Maravilha a América do Sul sem Kirchners, Lulas e Dilmas. Ainda estão aí os hermanitos bolivarianos, filhotes do chavismo, mas ao menos o horizonte é mais promissor no cone sul da América Latina. No entanto, nada de euforia. Não existe um arco-íris no horizonte. Basta ver o que se passa na Argentina de Macri para ter uma medida de como a jornada será atribulada e num cenário cinzento no Brasil sem Dilma. O destaque noticioso sobre América Latina no jornal Financial Times […]

Uma pena que o jornal espanhol El País, uma referência para mim, não tenha o nível de tolerância e visão estratégica sobre o Brasil interino de Michel Temer que tem em relação à Argentina de Mauricio Macri. Obviamente que uma diferença entre os dois países é que os hermanos decidiram dar um “tempo” para Macri Basta ver o primeiro parágrafo do texto de destaque do El Pais sobre a América Latina na edição deste domingo. Como nosso português é um “espanhol mal falado”, creio que todos vão entender o original. Aqui o texto completo. Casi todo en política depende de las expectativas. Mauricio Macri, el presidente argentino, que sorprendió a todos al vencer por la mínima las elecciones en noviembre […]

Barack Obama, como já foi dito tantas vezes, veio aí para acabar com as guerras. Agora, ele é o presidente que precisa liderar uma efetivamente, tanto em combate, como na diplomacia. No seu discurso na assembleia geral das Nações Unidas na quarta-feira, Obama se empenhou para arregimentar o mundo, em particular o mundo muçulmano, para a nova luta contra o extremismo islâmico, tentando reassegurar que não irá repetir os erros da era Bush na guerra contra o terror. No entanto, ele resgata a linguagem moralista de luta contra o terror do antecessor. Existe uma desconfiança dos EUA e, ao mesmo tempo, um clamor por sua liderança (exceto, é claro, no último caso, entre inimigos viscerais). A mensagem de Obama e […]

Vamos apelar novamente para a série Poderia Ser Pior, Presidente Dilma Rousseff. Imagine a sua popularidade despencar de 80% para 30% em 9 meses (isto já dá para imaginar no caso brasileiro) ou uma petição arrasar e conseguir em dois meses 15 milhões de assinaturas pedindo a sua renúncia, num país amargando problemas de carência de gêneros básicos, desabastecimento de gasolina e apagões. Ainda por cima, com um crescente cerco às liberdades politicas básicas. Um cenário de caos político e econômico. Este é o Egito do presidente Mohammed Morsi. O funcionário da Irmandade Muçulmana completará um ano de poder no domingo, com a previsão de protestos em massa e o potencial de dramáticas ramificações. Morsi tem sua base, também mobilizada em manifestações. A oposição […]

Continuando a frase do título desta coluna, eu tiro o chapéu para o primeiro-ministro turco. São impressionantes as conquistas nos últimos dias de Recep Tayyip Erdogan para se tornar o maior líder do seu país desde Kemal Ataturk, o pai da Turquia moderna, que surgiu das cinzas do Império Otomano, e também para consolidar sua liderança regional. Erdogan inclusive tem apelado ao chapéu de estilo cossaco que era usado por Ataturk. Foram dois lances: um deles pegou o mundo de surpresa e eu explico mais para a frente. O mais coreografado foi a trégua com os separatistas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, uma organização definida como terrorista na Turquia, Europa e EUA. Seu líder Abdullah Ocalan, que está em confinamento solitário há […]

O mundo árabe atravessa as turbulências de uma transição em que os velhos regimes caem, são ameaçados ou resistem. O regime islâmico em Teerã já é ancien (nasceu em 1979) e tenta resistir em meio à podridão interna, à fluidez do cenário regional e ao cerco internacional devido ao seu programa nuclear. Como diz um bom sacador das coisas lá de dentro, Karim Sadjadpour, como tantos regimes autoritários, a república islâmica tem os atributos de uma enorme máfia. Este é um regime criminoso, em termos comuns e políticos. Desde domingo, circulam os vídeos, imagens e relatos dos embates no Parlamento iraniano entre duas facções do regime: uma do presidente Mahmoud Ahmadinejad e a outra da família Larijani (a conversa é […]

Os republicanos de Mitt Romney esperam que o discurso de Barack Obama nesta terça-feira na abertura da assembleia-geral das Nações Unidas tenha sido o último no palco internacional do presidente democrata em busca da reeleição. Para os republicanos, Obama recorre a uma oratória ingênua, ambivalente e apaziguadora que já deu para o gasto. O presidente, no seu discurso nesta terça-feira condenou o vídeo com insultos a Maomé que deflagrou protestos no mundo islâmico, mas fazendo uma defesa do direito à livre expressão de forma cerebral e passional. O presidente lembrou ainda ser muito importante que pessoas no mundo islâmico se mobilizem contra a perseguição aos cristãos e a negação do Holocausto. Para os republicanos, é hora do presidente sair de cena, especialmente agora […]

Semana de abertura da assembleia-geral das Nações Unidas em Nova York. Alguma boa notícia sobre a chatice? Pelo menos uma: será a última vez que Mahmoud Ahmadinejad terá o púlpito para despejar sua mensagem obscurantista e antissemita, com aquele sorriso imbecil. O presidente iraniano está no final do seu segundo e último mandato. Desde sua primeira eleição em 2005, ele tem sido uma presença regular na cidade em setembro, ganhando um espaço descomunal na imprensa, dando a mesma entrevista odiosa ano depois de ano. Poderão vir outras figuras iranianas igualmente odiosas no seu lugar nos próximos anos, mas Ahmadinejad nunca mais pisará no meu pedaço. Mais complicado dizer se ele irá desaparecer do pedaço político iraniano. E esta abertura da […]

Close
SiteLock