Category Archives Varejo e Atacado

Meus leitores habituais sabem que minhas férias foram de “trabalho”, como a do so-called presidente Trump. Não tive tantas emoções e controvérsias como nas deles. No entanto, não poderia, é claro, deixar de contar alguma historinha. *** No verão americano, nas minhas férias, cometi uma ousadia que não arriscava há décadas: road trip, ao longo da costa leste, de Nova York a Flórida (round trip). Antes de colocar o pé na estrada, levei o carro para o mecânico e, com tudo literalmente nos eixos, lá fomos nós, Mr. e Mrs. Blinder. Calor infernal, obviamente, mas estávamos no fresquinho do ar condicionado. Well, a história está morna, sem graça, vamos esquentar. Lá embaixo, justamente perto do lendário autódromo de Daytona Beach, […]

Leitores veteranos desta coluna conhecem minha vida de consumidor no pequeno subúrbio novaiorquino de Glen Rock: meus dilemas sobre frequentar o Starbucks local ou o do subúrbio vizinho; manter ou não a fidelidade ao barbeiro próximo depois que o Benny, meu querido italiano, se aposentou em Manhattan e, é claro, minha rotina na tinturaria. Estes minhas historietas de consumidor no dia a dia fazem a razão de ser desta coluna e curiosamente são uma grande história. Imaginem, estou seriamente pensando em vender minha casa agora que as filhas se arrancaram. Eu e Mrs. Blinder queremos viver num apartamento pequeno, sem preocupação para limpar a neve, recolher as folhas no outono ou aparar a grama do jardim. A gente pensa em […]

Produzi muito no sabático. Estou preguiçoso no domingão, no meio do feriadão americano do 4 de julho. Então surrupio este texto passado por uma amiga minha. Ela o encontrou no Facebook do Gabriel Paciornik, um judeu brasileiro que vive em Israel. Ele é amigo do Guga Chacra. Guga é meu amigo, logo o Gabriel também é, especialmente agora que me poupou de trabalhar no domingão. *** Gabriel Paciornik Todo mundo sabe que brócolis é bom. Cura câncer, AIDS, unha encravada e tira nome sujo do SPC. Mesmo assim, nem todo mundo come brócolis. Não gosta, e prefere morrer de pereba e nó nas tripas. Pais dão brócolis aos seus filhos, mesmo quando estes não gostam. Largam no prato e avisam […]

Eu confesso que ainda adolescente, eu tinha mais urgência e interesse em conhecer em Paris. Nova York veio depois da plena maioridade (21 anos). E a primeira vez a gente nunca esquece. Grana curta, por indicação de um amigo ainda mais duro, eu me “hospedei” no fuleiro Pickwick Arms, na rua 51, perto da Segunda Avenida. Na época, eu trabalhava na Folha de S. Paulo e sabia que Paulo Francis, que então era seu correspondente em Nova York, morava pertinho, mas tive vergonha de procurá-lo e dizer onde estava. Melhor assim. Podia ficar incógnito em Nova York. O Pickwick, que hoje se chama The Pod, fica num quarteirão até que bacana. Mas, no começo dos anos 80, o Midtown de […]

A loja de departamentos Target irá sobreviver sem meu consumo, mas se precisar dou uma força para combater a campanha de boicote contra a decisão no alvo da cadeia varejista americana de apoiar os direitos dos transgêneros. O boicote foi lançado por uma associação religiosa conservadora e em maio já tinha colhido mais de 1.2 milhão de assinaturas. E por que o boicote? A Target anunciou que os consumidores nas suas lojas podem usar o banheiro ou o mostrador de acordo com sua identidade sexual e não conforme sua certidão de nascimento. Sem dúvida, ninguém é obrigado a frequentar um estabelecimento privado caso não se sinta à vontade, mas como política corporativa, a Target está correta. Ela está politicamente e […]

Close
SiteLock