A simpática delegação norte-coreana chega à zona desmilitariza para as conversações

No primeiro papo desde 2015, a Coreia do Norte concordou em enviar uma delegação aos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul, em fevereiro, mas se recusou a discutir armas nucleares, topando apenas reviver comunicações militares na fronteira. Os jogos de inverno são um degelo?

Claro que não. Os americanos e sul-coreanos deverão retomar exercícios militares, o gênio estável na Casa Branca vai disparar tuítes explosivos e o Little Rocket Man deve testar algum grande foguete. Isto quer dizer que as tensões não se dissipam apesar das atividades diplomáticas na península coreana. O governo de Seul se assusta com o gênio estável, mas sabe que o jogo do Pokemon atômico é tentar afastá-lo de Washington.

A ida norte-coreana aos Jogos de Inverno em meio à recusa para sequer discutir armas nucleares complica os esforços de pressão máxima de Trump sobre Kim Jong-un. Gerald Seib, do Wall Street Journal, um dos jornalistas mais bem informados em Washington, revela que autoridades americanas debatem se é possível lançar um ataque militar contra a Coreia do Norte sem deflagrar uma guerra total.

O plano conhecido como “estratégia do nariz sangrento”é altamente arriscado, pois a Coreia do Norte pode retaliar contra o sul com uma barragem de artilharia da pesada e mais: conforme Seib, ousar o uso de armas nucleares.

 

Deixe um comentário

18 Comentários em "Jogos de inverno"

avatar
Ordenar por:   novos | antigos
Robson La Luna di Cola
Visitante
Não tenho bola de cristal, mas acredito que esta aproximação entre Coréia do Sul e do Norte, pode levar à uma solução para o conflito. Através de acordos ECONÔMICOS, a Coréia do Norte se transformaria em uma China. Uma ditadura capitalista. A Coréia do Sul teria benefícios comerciais deste acordo,… Leia mais >>
Queiroz
Visitante
Quem acha que a Coreia do Sul tem algum protagonismo nessa crise, vai quebrar a cara. Kim ao lançar bombas por cima do Japão, internacionalizou o conflito fraterno entre as duas Coreias. Podem gostar ou não, mas quem decide este conflito é Donald John Trump e Xi Jinping. Se o… Leia mais >>
Guga
Visitante

Parece que para o Paquistao Trump já cortou a verbinha ´´pacificadora´´.

Alex Wie
Visitante
Pra mim a história se repete, e faz tempo, desde Clinton…toda vez que o maluco gritava, mandavam comida etc e etc Agora com o tal de botão na mão o filhote bizarro berra ainda mais, com a China fazendo de desentendida. A Coreia do Sul me remete a Chamberlein, claro… Leia mais >>
Otto Heinrich Wehmann
Visitante

BAD COP / GOOD COP

Guga
Visitante
Vazar para imprensa opções militares faz parte da estrategia diplomatica,mais as sanções que aparentemente estão surtindo efeito,mais a frota que nao deixa Kim dormir pois sabe que se for o primeiro a disparar será o ultimo ato como ditador. Nao entendi porque a ida da CN aos jogos complica a… Leia mais >>
José do Norte
Visitante
Guga: – se sim, por que sim! se não, por que não. Situação I Trump: – Bom dia. Losers: – Bom dia o quê! Trump: – O sol radiante. Losers: – Sol tá queimando minha cútis de bebê, seu animal! Situação II Trump: – Mau dia. Losers: – Mau dia,… Leia mais >>
Guga
Visitante

E assim vamos mais 7 anos ou 3.

Carmem
Visitante
É impossível lançar um ataque a CN sem deflagrar uma guerra no mínimo regional o q seria péssimo para todo mundo. Não vejo outra solução senão a China desligar o interruptor e forçar uma mudança de regime. Por enquanto os chineses ainda avaliam q é melhor ter o pokemon como… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante

Você disse o óbvio que ninguém quer ver! Perfeito!

José do Norte
Visitante

Nada de novo no front.

Robson La Luna di Cola
Visitante
Os tempos mudaram. Vivemos em um mundo altamente globalizado. Qualquer guerrinha em qualquer canto do planeta, traz problemas de alcance gigantesco: dificuldades de movimentação de mercadorias (logística), danos às cadeias produtivas – onde uma única fábrica que acabou de ser bombardeada, fornece um componente para linhas de produção de inúmeras… Leia mais >>
Guga
Visitante

A China por sua vez quer algo em troca dos EUA,Taiwan?

Diplomacia é um show de troca-trocas,por isso as vezes acaba em guerras.

Lembro-me que JFK negociou os misseis de Cuba pelos da Turquia,se não me engano.

Lembra dum Presidente chamado Obama?Nem eu.

Robson La Luna di Cola
Visitante

Bobama? Lembro dele. Fez duas coisas interessantes: 1) Durante seu governo, os EUA liquidaram com o Osama bin Laden. 2) Com o seu imobilismo, Obama produziu o governo Donald Trump, eheh.

Guga
Visitante

Fez o obama who cares tambem,eheheheheh

Robson La Luna di Cola
Visitante

Toda vez que alguém fala no Obama, lembro das fotos que saíam nos jornais e revistas sobre as passeatas hippie: gente enfiando flores dentro dos canos dos fuzis dos policias que controlavam os eventos para evitarem violência. Paz e amor, bicho!

Guga
Visitante

Movimento ainda forte nos EUA.

Esqueceram de combinar com o comunismo e com o danado capitalismo,ahhh esses bancos,a gente empresta e eles querem de volta,com juros pô,ô meu,assim não dá,com muro o preço da erva inflacionou,eheheheheh

Guga
Visitante
White House press secretary Sarah Sanders said in a statement that Moon briefed Trump on the “outcomes of the discussions between North and South Korea” and Moon “thanked President Trump for his influential leadership in making the talks possible.” Moon, during a briefing with reporters earlier, credited Trump with making… Leia mais >>
wpDiscuz
Close
SiteLock