A aliança de Israel com Arábia Saudita contra o Irã é cada vez mais sólida, com a benção de Donald Maquiavel Trump. Com esta aliança, mais do que nunca o Estado de Israel é aceito como parte da realidade local, deixando cada vez menos de ser a mera “entidade sionista”.

Cedo para dizer se a aceitação geopolítica por amplos setores do bloco sunita irá avançar para um reconhecimento pleno de que os judeus têm o direito a seu lar nacional, não servindo apenas de eventual tropa de choque para interesses sunitas no seu duelo por hegemonia regional com os xiitas.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu nunca foi minha praia, mas reconheço sua habilidade para sobreviver, não apenas nas areias movediças da política doméstica (agora enfrenta as crescentes acusações de corrupçã0), mas no grande jogo do Oriente Médio. Seu foco é a ameaça iraniana e ele faz o que pode para esconder a crônica questão palestina debaixo do tapete. De fato, esta questão é secundária e pró-forma para o mundo árabe.

No entanto, nada de negação. Assim como o povo judeu luta para ser reconhecido plenamente como sócio do tumultuado condomínio regional, o mesmo vale para o povo palestino. Por esta razão, eu fiz questão de frisar no começo do texto que a posição de Israel é “relativamente” cômoda.

PS- E que demora para aceitar a legitimidade do anseio concretizado do povo judeu para retornar ao lar. Lembrete: hoje é 29 de novembro, 70 anos da decisão da assembleia-geral da ONU a favor da partilha da Palestina em dois estados. A reação do mundo árabe foi a guerra, a primeira de tantas.

Deixe um comentário

65 Comentários em "O comodismo de Israel"

avatar
Ordenar por:   novos | antigos
Glaucia
Visitante

Maravilhoso! 👏👏👏

maisvalia
Visitante

Chamar Trump de Maquiavel é elogio, Hehehehe
Boa coluneta.

Robson La Luna di Cola
Visitante

Israel deve se manter sempre mostrando os dentes e as garras para os países à sua volta. Se fraquejar…

Queiroz
Visitante
Deve ser muito cômodo ter que patrulhar a fronteira com a Síria e Líbano pra conter a rota de armamento Irã-Hezbollah… Muita comodidade ter que criar um sistema autônomo do F-35 e colocar em combate ainda em dezembro em missões furtivas nessa mesma fronteira. Agora, admitir a proeza de Bibi,… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante

Por que será que Barack HUSSEIN Obama deixou passar resolução contra Israel?
Abs, Caio
https://www.linkedin.com/pulse/what-difference-between-troll-internet-bot-jarrett-potts

Robson La Luna di Cola
Visitante

Sou REALISTA. Mas isso incomoda. Principalmente o segmento Pollyanna de nossa sociedade.

Robson La Luna di Cola
Visitante

Conheço um analista de política internacional que endoidece quando fala do Donald Trump. Só manda bala.

Peter
Visitante
O Obama não é um extremista e , suponho, Angela Merkel não é uma esquerdista. No meu entender eles , a exemplo de inúmeros políticos, hoje e no passado , erraram em suas apreciações no tocante a episódios fundamentais como uma posição mais enérgica a favor de Israel ( Obama… Leia mais >>
Otto Heinrich Wehmann
Visitante

Essa aliança provavelmente vem de uns anos atrás, provavelmente 7.

Otto Heinrich Wehmann
Visitante

Impressão minha ou os binóculos de Netanyahu estão cobertos?

Peter
Visitante
É difícil, se não impossível, conciliar interesses legítimos com atitudes ilegítimas e ilegais. O cerne da questão palestina está dentro de sua própria sociedade, que como tal não consegue se definir pela paz ou pela guerra, com relação ao Estado de Israel. Enquanto não houver um claro alinhamento dos palestinos… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante

A criação do Estado Palestino é uma iniciativa tão “inteligente” quando permitir que as torcidas organizadas do Palmeiras e do Corinthians convivam juntas durante os jogos entre os dois times. Imaginando que vão trocar abraços e apertos de mão durante as partidas…

Rubem
Visitante
Discordo Peter. Primeiro porque Israel tem muito mais poder que os Palestinos e segundo porque no atual governo tem gente que abertamente é contra a criação do estado palestino e defende inclusive a expulsão dos que vivem na Cisjordânia e quiçá outras expansões territoriais. Bibi se cerca desse tipo de… Leia mais >>
Itzhak
Visitante
‘O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu nunca foi minha praia,’… Netanyahu fought on the front lines in the War of Attrition and the Yom Kippur War in 1973, taking part in special forces raids along the Suez Canal, and then leading a commando assault deep into Syrian territory. Netanyahu achieved the rank… Leia mais >>
Itzhak
Visitante
Volto a perguntar: o que você já fez pelo povo judeu? Porque a família Netanyahu nós sabemos o quanto sacrificou. Sobre Rabin: He joined the newly formed Israel Defense Forces in late 1948 and continued to rise as a promising officer. He helped shape the training doctrine of the IDF… Leia mais >>
Carmem
Visitante

Well done, boss!

Jorge Silva
Visitante

O leitor esqueceu que o Caio deu nota 3 (ou C – ) pra política externa de Obama no Oriente Médio.

P.S.: Tenho alguns amigos judeus. Todos pensam diferente, uns mais à esquerda e outros mais à direita, nenhum extremista, mas todos se respeitam.

Guga
Visitante
Itzhak poderia ter pontuado sem necessidade de ofender o colunista. Discordo que somente aqueles que serviram militarmente Israel,embora extremamente importantes dadas as condições da região,tenham moral elevada sobre aqueles que não. Agora,precisamos entender que a situação no OM está mais para militar do que para diplomatica,no momento penso que Bibi… Leia mais >>
Novocredo
Visitante

Nada como um inimigo comum para unir dois adversários. Lembra Churchill se unindo a Stálin. Ótima coluna.
Obrigado, Caio

Robson La Luna di Cola
Visitante

Depois da Segunda Guerra tivemos a Guerra Fria, onde quase ocorreu a Terceira Guerra Mundial. Que destruiria o planeta inteiro.

victor marques costa
Visitante

Negócio das Arábias , esse tapete mágico não voa muito longe . . .

Carmem
Visitante

70 anos é uma gota no oceano em termos históricos…
Essa é uma boa chance q Israel tem de se acertar com os países árabes.
Eu sigo achando q a Cisjordânia ou parte dela deveria ser anexada à Jordânia..

Robson La Luna di Cola
Visitante

Estamos aguardando este acerto fazem 1400 anos. Finalmente conseguimos! eheheh

Novocredo
Visitante

E a Faixa de Gaza ficar com o Egito. Indeniza os Palestinos e acaba a confusão. Trump terá uma oportunidade histórica.

Carmem
Visitante

Se depender do Trump.. acho q não rola hehehe

Alberto
Visitante
Você tem o direito de achar o que quiser, esta e’ a opinião de muitos políticos em Israel também, mas e’ um desejo totalmente fora da realidade, já que o rei da Jordânia descartou completamente esta hipótese faz tempo.O motivo e’ óbvio:70% da atual população da Jordânia e’ de palestinos… Leia mais >>
Carmem
Visitante
Não vejo o menor problema para o Abdullah. Os palestinos refugiados na Jordânia já tem os mesmos direitos q um jordaniano nato. E não se trata de tirar os palestinos da Cisjordânia e colocá-los na Jordânia e sim passar a administração da Cisjordânia para a Jordânia q já tem tratado… Leia mais >>
Novocredo
Visitante

Bom ponto. Mas boa parte da divisão do OM é artificial. Culpa de Inglaterra e França

Carmem
Visitante
Não adianta nessa altura do campeonato discutir de quem é a culpa. Os britânicos e franceses fizeram uma merda lá q agora já virou outra realidade. Eles não tem como desfazer. Então, dada q a realidade é aquela q lá esta, qual é a melhor solução para o conflito? A… Leia mais >>
Novocredo
Visitante
Claro que não adianta discutir de quem é a culpa, e talvez a palavra culpa nem seja a melhor. Afinal os países fizeram o que fizeram pensando no que era melhor para eles, segundo o entendimento que tinham na época. Mas conhecer as causas de um conflito é importante por… Leia mais >>
Guga
Visitante

Novocredo,passado um tempo a culpa é deles mesmos,acorrentados pela maldição do petroleo e pela religião.

Tambem,perdem tempo demais discutindo a minuscula Israel,parecem anti trumpistas,aceitem e sigam em frente.

Guga
Visitante
Otimo que a aliança saudita israelense seja cada vez mais solida sob patrocinio de Maquiavel eleito pelo povo norte americano,assim como Netanyahu para cuidarem da segurança e interesses de seus paises. Num OM pára lá de instavel,graças aos antecessores do laranja,lideres de braços fortes de olho no inimigo são necessários.… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante

A ONU quer implantar uma ditadura global onde o ditador é ela!

José do Norte
Visitante

Em 50 anos acho que a aceitação de ambos estados será possível.

Jorge Silva
Visitante
Ótima coluna. Assim como você, também acho que os árabes deveriam ter aceito o plano de partilha da ONU. Se pensassem a longo prazo e não em conflitos tribais temporários, ia ser um ganho para eles e para o Oriente Médio. A presença de Israel ia trazer desenvolvimento pra região.… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante

Tem razão! Só o capitalismo salva!
PS: sabia que grandes corporações norte-americanas ajudaram Hitler a montar o gigantesco e sofisticado aparato militar nazista, que trouxe como benefício ao mundo 60 milhões de mortos? A História ensina, mas ninguém aprende…

Jorge Silva
Visitante
O problema é o pragmatismo do sistema capitalista. Quem construiu, planejou e financiou os campos de concentração foi o ESTADO ALEMÃO e não empresas privadas. Estados podem comprar tecnologias de empresas privadas. Se a Alemanha fosse um país capitalista liberal, não teriam existido campos de concentração nem projetos de eugenia.… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
Se precisar matar pessoas, não tem problema! Os grandes capitalistas financiaram a revolução bolchevique, para se apoderarem do petróleo da Rússia do Czar Nicolau II. Quantos milhões de mortos isso gerou, com a consequente formação da URSS? E o apoio ao regime nazista, gerando a Segunda Guerra Mundial? Some o… Leia mais >>
Jorge Silva
Visitante
Dizer que “Os grandes capitalistas” financiam todas as desgraças do mundo, como se houvesse uma entidade central puxando os cordéis, soa conspiratório demais pra ser verdade. A verdade é que tanto a revolução russa como o nazismo tinham aversão ao capitalismo internacional e usavam esse tipo de teoria da conspiração… Leia mais >>
Guga
Visitante

Jorge,Obama nao foi populista?Sanders não é?Lembra da campanha Change?

Comparar Trump com a tchurma acima não dá.

Jorge Silva
Visitante
Pra mim Obama era um “Limousine liberal” que agradava a elite liberal e as minorias. Sanders tem seu verniz populista-socialista. Mas quando um político levanta a bandeira de que a sociedade se divide apenas em dois grupos com interesses irreconciliáveis: o “povo simples” (maioria) e a “elite corrupta” (minoria), e… Leia mais >>
LMC
Visitante

O Obama não ficou do lado do
Sanders,ficou da Hillary.Quem
ficou do lado do nazismo nos
EUA foi o Henry Ford,talvez por
ser descendente de irlandeses-
católicos anti-semitas.

LMC
Visitante

Jorge,as empresas privadas alemãs
APOIARAM O NAZISMO.Até o Henry
Ford nos EUA ficaram do lado do
Titio Adolf.

Jorge Silva
Visitante
Robson, Eu posso citar inúmeros casos onde o capitalismo acaba permitindo que pessoas de diferentes origens conviverem e apaziguarem suas diferenças. O desejo de ganhar dinheiro de forma honesta, construindo alguma coisa acaba, unindo pessoas diferentes. Veja o caso de Schindler (da lista) que acabou salvando centenas de judeus, quando… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
ERRRROOOOOOU! O capitalismo não permite nada. É a VIRTUDE das pessoas que o pratica que gera os seus benefícios. É como um jogo de futebol: de um lado temo jogadores medíocres mas esforçados, que correm feito loucos durante 90 minutos, temos jogadores geniais que realizam jogadas geniais. De outro lado,… Leia mais >>
Guga
Visitante

Caro Robson,pelo amor dos santos citados,ninguem vai entender o que voce quis dizer.

Voce esta relacionando corrupção ao capitalismo,como algo inerente,quando na verdade é um problema politico e não de sistema economico.

Quais paises comunistas deram certo?

Robson La Luna di Cola
Visitante
Amigão, acho que me expliquei mal! O capitalismo é uma ferramenta. É uma estrutura de valor neutro. E seus resultados somente serão favoráveis à toda sociedade, se forem utilizados virtuosamente. Exemplo: um martelo pode ser utilizado para me ajudar a construir uma casa, ou arrebentar um caixa-eletrônico de um banco,… Leia mais >>
Jorge Silva
Visitante

“A democracia, assim como capitalismo, será benéfica se aplicada com Sabedoria.”

Ou se for aplicada dentro da lei. Um pais prospera onde existe livre mercado e império da lei.

Jorge Silva
Visitante
“(…)Prefiro morar em um país comunista onde os ditadores são Madre Tereza de Calcutá e São Francisco de Assis, do que em um país capitalista onde o presidente é o Eike Batista. Entendeu?” Pois eu prefiro morar num país democrático com livre mercado, liberdade de expressão e império da lei,… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
Veja a “maravilha” que foi a Revolução Industrial. Criando grande cidades poluídas e lotadas de famílias miseráveis. Trazendo o clima propício para fundamentar as teses de Karl Marx. Que por “coincidência” surgiu no auge desta maldição. Capitalismo e socialismo/marxismo sã lados opostos da mesma moeda. Monopolizam os bens materiais em… Leia mais >>
Jorge Silva
Visitante
Uma maravilha mesmo. Permitiu que a medicina salvasse mais vidas, a comida ficou mais barata, os bens mais baratos, as populações multiplicaram. Realmente, a fase inicial da Revolução Industrial foi complicada. A condição miserável dos moradores do campo foi transferida para a cidade, milhões se sentiram forçados a migrar para… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
Exatamente. Retornar à Idade Média. A Idade das Luzes. Agora, com a Tecnologia da Morte vivemos a Idade das Trevas. 60 milhões de mortos na Segunda Guerra. Incluindo duas bombas nucleares em Hiroshima e Nagasaki. E o napalm na Guerra do Vietnã? Uma delícia, não é? E o risco que… Leia mais >>
victor marques costa
Visitante

Não achei o link . Entrevista muito boa com ele . algo + – assim :
Shimon Peres . Nosso castigo são nossos vizinhos e nós o deles , eles não vão se mudar e nem nós .

victor marques costa
Visitante

Não achei o link . + – isso :
Entrevista com Shimon Peres . Nosso castigo , são nossos vizinhos e nós o deles . eles não vão se mudar , nem nós .

victor marques costa
Visitante

Fui banido ? rsssss .

Marcio
Visitante

Somente inocentes confiam no Iran.

Anouk
Visitante
O apoio do governo israelense aos jihadistas desde 2011 através de fornecimento de armas e suporte aéreo, é censurável; ponto. Soldados iranianos combatem de fato os jihadistas, enquanto os bombardeios aéreos israelenses atingem infraestruturas sírias. Portanto, nao seria mais fácil e menos doloroso para todos, se Netanyahu aceitasse, sem demandas… Leia mais >>
Guga
Visitante
Anouk,Israel,EUA e Europa não são perfeitos mas entre os defeitos deles e dos outros,fico com eles. Mesmo que Israel sumisse do mapa,desconfio que a situação no OM seria tão instavel quanto é hoje. Impressionante como brigam entre si,as diferenças são resolvidas na bala,em nome de Alá. Talvez as richas acabem… Leia mais >>
Anouk
Visitante

Guga, nas colinas do Golan, regiao pertencente à Síria, encontra-se uma das maiores reservas de petróleo do oriente Médio.

Guga
Visitante

Ora,finalmente Israel vai tornar-se independente de petroleo,ja que seus vizinhos hostis nao querem vende-lo obrigando-os a importarem da Russia e outros paises.

Garcia
Visitante

“Assim como o povo judeu luta para ser reconhecido plenamente como sócio do tumultuado condomínio regional, o mesmo vale para o povo palestino.”
Concordo, mas não podemos esquecer do povo curdo também.
comment image
Aqui os curdos nunca foram e serão esquecidos, assim como os armênios abs, Caio

Ingo
Visitante
Trump é racista, não suportou Obama presidente (ainda mais antes dele!!), além disto não sabe nem quer saber nada sobre política internacional; juntando isto com fobia de imigrantes muçulmanos, pra agradar a galera cada vez menor, qualquer coisa é possível! Ainda tem no passado episódios embaçados com a KKK, que… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
A REAL ameaça muçulmano ao Ocidente está cobrando o seu preço. Um prefeito pró-imigração de uma cidade alemã, FOI ESFAQUEADO em sua cidade, esta semana. Angela Merkel se enfraqueceu politicamente. Marine Le Pen, do Front Narionl, se fortaleceu. O AfD chegou ao Parlamento Alemão. Donald Trump foi eleito. Mas ninguém… Leia mais >>
Renato
Visitante
Já viajei por alguns países. Fora da América do Sul, já andei por 12 ou 13. Mas, não conheço Israel. Vou lá em fevereiro, finalmente, como peregrino cristão. Há relatos emocionantes sobre o sepulcro, sobre a jornada do Mestre. Mas, também estarei em Telaviv(imagino um monte de gente armada)…Cisjordânia, Jordânia,… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante

Conheço metade do planeta. Uma coisa que aprendi: a melhor forma de conhecer VERDADEIRAMENTE um país, é sair fora do circuito turístico. Conheça as pequenas cidades. Evite viajar de avião. Viaje de carro, ônibus, ou trem. Em contato com os cidadãos locais.

wpDiscuz
Close
SiteLock