Donald Trump está no Japão, primeira escala de sua viagem de 11 dias pela Ásia, em busca de cooperação e união na região contra o perigo nuclear norte-coreano, em meio às outras frentes de perigo que são os cenários de confrontos entre os EUA e parceiros comerciais, devido à retórica protecionista e de America First do presidente.

Os constantes rompantes retóricos do presidente acabam de ser ofuscados por uma sóbria e aterradora avaliação do Pentágono (e vale registrar que Trump esteve contido no seu primeiro pronunciamento público no Japão falando a soldados americanos).

Em carta a congressistas, está a avaliação do Pentágono para deixar qualquer um bem desperto: uma invasão da Coreia do Norte é a única forma de assegurar com “completa certeza” a “localização e destruição” do arsenal nuclear do país do tirano Kim Jong-un. Querem mais? A carta reconhece ser difícil estimar os “melhores e piores” cenários de baixas em caso de um ataque norte-coreano contra o sul.

A viagem de Trump à Ásia foi antecipada pela movimentação da China para normalizar suas relações com a Coreia do Sul, que prefere uma solução diplomática em meio à escalada nuclear, um desfecho que parece tão espinhoso como uma solução  militar.

 

 

Deixe um comentário

28 Comentários em "Os espinhos norte-coreanos"

avatar
Ordenar por:   novos | antigos
Fábio Sales
Visitante

👏👏👏

Gui
Visitante
Sinto dizer, mas os idiotas de plantão e incluo neste balaio, os analistas do Pentágono e alguns postadores de mensagens aqui não entenderam que se o maluco detonar um artefato nuclear não só comprometerá vidas humanas mas também as áreas de plantio, produção industrial e a economia do planeta. Talvez… Leia mais >>
Otto Heinrich Wehmann
Visitante

Soluções diplomáticas criaram essa situação. China deveria ter evitado que a Coréia do Norte desenvolvesse armas nucleares os EUA deveriam “disponibilizar” armas nucleares para seus aliados.

Queiroz
Visitante

Que fique registrado que a leniência de Obama resultou na Coréia e no Irã atômicos.

Muito sintomático que um discurso bastante elogiado de Trump receba o elogio de “contido”.

Os próximos 8 anos serão divertidos.

Guga
Visitante
Trump vem diplomaticamente tentando uma solução,sua retorica faz parte dessa diplomacia diferente de seu antecessor Nobel da Paz que nao tinha disposição para enfrentar militarmente desafios quando exigido. Pressionou a China para incrementar as sanções e ´´endoideceu´´ diante das cameras ameaçando com fogo e furia.O adversário tem que sentir que… Leia mais >>
maisvalia
Visitante

Resumo, no way.

Novocredo
Visitante
Parece-me que sendo este o cenário de uma opção militar, a solução diplomática é a única possibilidade plausível. Manter a supremacia militar para dissuadir a CN a iniciar uma guerra, e buscar o convívio. Uma saída, mas que seria o reconhecimento explícito do direito da CN a ser parte do… Leia mais >>
Pedro tenvia
Visitante

Incluir a Coreia do Norte no clube atômico, seria uma traição aos que renunciaram ao desenvolvimento de artefatos atômicos em respeito ao tratado de não proliferação, seria o incentivo a violação de todos os países ao tratado, isto seria o caminho mais curto para uma guerra nuclear.

Guga
Visitante

Aprovação de Trump por partido:

Republicans 78%
Independents 33%
Democrats 7%

http://news.gallup.com/poll/203198/presidential-approval-ratings-donald-trump.aspx

Curiosidade:

Democrats watch Adult Swim, Comedy Central, Cartoon Network and CNN.Republicans like the Fox Business Network, the Golf Channel, Outdoor Network and HGTV.

http://thehill.com/homenews/news/300920-partisans-are-most-likely-to-turn-on-these-channels

Otto Heinrich Wehmann
Visitante

Ironia fina

célio alvarenga
Visitante

aprovação geral de trump:35%!este é o número que importa!que adianta ter 78% de aprovação entre republicanos,se democratas e independentes também votam?

victor marques costa
Visitante

Porcos espinho nucleares . . .
No alvo, abs, Caio

Robson La Luna di Cola
Visitante

Aguardem mais esta derrota da “super-potência” americana. Vejam o fracasso no Vietnã. Vejam a ilhota cubana, pertinho do território americano, ainda governada pelo clã dos Castros. Coréia de Norte não vai dar em nada…

célio alvarenga
Visitante

não deixa de ser curioso que o abnegado defensor de trump,robson la luna di cola,seja também um partidário da “derrocada do império”!vai ver ele acha a tirania norte-coreana uma boa alternativa ao “demônio”do mercado!

Robson La Luna di Cola
Visitante
Não gosto do Donald Duck Trump. Gosto de sua agenda nacionalista. Anti-globalização sem limites. Sobre a derrocada do império americano, não sou eu que acho. Analistas americanos já estão percebendo que isso já está acontecendo. Sobre o imperialismo yankee, esta desgraça provocou o surgimento de muitas ditaduras. Gente que alegando… Leia mais >>
Gui
Visitante

Basta apenas um pequeno artefato para desencadear isto é não precisa atingir o Japão ou a Coreia do Sul

José do Norte
Visitante

Duas coreias: é a solução mais desagradavel e menos hemorrágica.

Rubem
Visitante
O grande assunto da semana vai ser os desdobramentos dos Paradise Papers. Tem assessor do trump que é literalmente sócio do Putin, tem a rainha (cade os monarquistas?) com investimentos offshore explorando miseráveis, tem o Meirelles tentando esconder sua herança e sabe mais o que vem por aí. Em resumo… Leia mais >>
maisvalia
Visitante

“Na boa essa gente precisa ter uma aliquota tão pesada, mas tão pesada, que beirasse a expropriação”

Que tal começar com você.
Se sua alíquota não é tão grande, invente uma de 98% e se aplique doando seu din din.
Afina, 2% dá muito bem para um empresário mamador de tetas viver.

Robson La Luna di Cola
Visitante
Sou monarquista. Veja entre as monarquias na Europa. Temos o Reino Unido, Holanda, Bélgica, Suécia, Dinamarca e Noruega. São países com alta renda per capita, pouca concentração de renda (veja o Coeficiente de Gini), e altas taxações de impostos. Estão aí os segredos do sucesso de uma nação. CC para… Leia mais >>
célio alvarenga
Visitante

temos também os edificantes exemplos da suazilândia,do lesoto e da jordãnia!viva o rei!

Robson La Luna di Cola
Visitante

Estou falando de países do Planeta Terra.

Burro
Visitante

Mais uns 20 e tantos para a conta.
Em um ou dois meses pouco mais de 80.
Coréia? Kkkkkkk

Robson La Luna di Cola
Visitante

Mais um assassinato em massa na terra de Tio Sam: tiroteio em Igreja Batista no Texas deixa 27 mortos, até agora. Que Deus acolha os inocentes desta tragédia, em seus braços!

Renato
Visitante
O discurso de Trump foi bom. A alternativa militar nunca será a melhor. Sempre será a única possível.O melhor e evidentemente a via diplomática. Porém há situações, como a de Hitler, em que só resta essa ação. Espero que não seja necessário, mas se for para parar um expansionista destruidor,… Leia mais >>
Alex Wie
Visitante

Isto já era para ter sido resolvido na era Bush II, e depois a China, utiliza a CN como muro bucha .Os livros Fuga do Campo 14 e Dentro do Segredo, mostra o quanto a população local, vive em outro planeta.Sinceramente eu não sei o que fazer….

Pedro tenvia
Visitante

A Coreia do Norte, serve aos interesses principalmente de Putin, que agora pode reviver o clima de guerra fria, sem se preocupar com a retaliação, pode assistir de camarote.

wpDiscuz
Close
SiteLock