Sim, o presidente argentino é o cara. Ao contrário de Michel Temer, ele tem credibilidade para reverter a esbórnia populista que assolou a América do Sul.  Não é um santo em termos de negociatas familiares, mas não fez parte do sistema tão podre que culminou no regime Kirchner.

As eleições para o Congresso argentino neste domingo representam um referendo dos dois anos de governo Macri, que está aí para limpar a meleca deixada pelo populismo da rainha Cristina.

A inflação caiu do pico de quase 40% do ano passado, assim como a pobreza. E a a economia cresce após a salgada recessão. As mais recentes pesquisas se mostram favoráveis à coalizão de Macri, Cambiemos. A coalizão vai se sair bem nas duas Casas do Congresso, sem, no entanto, conseguir maioria absoluta. Mais penosas negociações pela frente para implantar as reformas.

As ameaças populistas de direita e esquerda pairam no ares latino-americanos (veja o Brasil dos lulas e bolsonaros). O sucesso da onda centrista de Madri  (com sua reeleição em 2019) é vital para que realmente tenhamos buenos aires.

Deixe um comentário

33 Comentários em "Macri é o cara"

avatar
Ordenar por:   novos | antigos
Henrique
Visitante
À espera do surgimento de um candidato de centro-direita com credibilidade e perfil reformista aqui no Bananão. Aliás, os últimos números da economia brasileira deixam claro que o Brasil tem força. Mesmo com toda a m… deixada pelos mandatos do PT, até um Temer mostra que tem condições de fazer… Leia mais >>
Henrique
Visitante
Que seja isso, então. Do modo como você escreveu (os lulas e os bolsonaros), entendi que você enxerga ambos como agentes do mesmo mal (o populismo), um pra direita e o outro pra esquerda, e causadores de efeitos deletérios para o país em grau equivalente. Se essa minha interpretação está… Leia mais >>
Marcelo Henrique Gonçalves @billmask
Visitante
Marcelo Henrique Gonçalves @billmask
Caro Henrique, Eu entendi seu ponto. Você colocou que Bolsonaro não é ameaça à democracia (e concordo, apesar do apreço dele pela era Militar). O Caio, de fato, se referiu apenas a questões populistas. Eu acabei de postar um texto pois o populismo de Bolsonaro está mais nas bolsonetes do… Leia mais >>
Henrique
Visitante
Interessante sua colocação. Acho que é meio por aí sim, o populismo é mais coisa dos seguidores do que dele próprio, apesar de ele também ser populista. Mas falta muita coisa ao Bolsonaro ainda pra ele se mostrar realmente convincente. Na entrevista de ontem pro Antagonista, por exemplo: ele fala… Leia mais >>
maisvalia
Visitante

Não dá para por no mesmo piso Lula e Bolsonaro, a não ser que em algum dia você tenha acreditado no ladrão que a mim nunca enganou.

Marcelo Henrique Gonçalves @billmask
Visitante
Marcelo Henrique Gonçalves @billmask
O que eu acho válido é comparar Bolsonetes e Petistas. Esses são populistas. O Lula é um paspalho, bandido, sem vergonha, débil… populismo é consequência. Bolsonado de fato ainda não se mostrou todo, ainda tem algo para sair dali. Mas não acho que Caio tenha dito que Bolsonaro é tão… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
Aqui no Brasil, tenho assistido um grande número de entrevistas de especialistas em macro-economia nacional. Inclusive ex-ministros respeitáveis e consultores de empresas de investimentos. Todos são unânimes em dizer que o governo Temer precisa 1) reduzir as despesas do Estado, para ter recursos para investimentos em infra-estrutura no país 2)… Leia mais >>
Marcio
Visitante
Essa é anidea patética que a petralhada incutiu no Brasil. Americano e feio e malvado. Chinês e’ comunista então é bonzinho. Um dos ridículos que difundia esta ideia era o tal do luis nassif. Mas também muitosnoutros. Ah como o comunismo e justo, veja a China! Vamos acolher os chineses… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
A China, com sua balança comercia positiva, tem muito dinheiro. É o comprador “natural’ do nosso (deles) Brasil. Quanto à questão ideológica, os dois lados falham: para a esquerda, a China é o mocinho, os EUA são os bandidos. Para a direita, é o contrário. Mas no MUNDO REAL, é… Leia mais >>
Guga
Visitante
È verdade,mas nao obtiveram sucesso em todos os casos,como tambem por pragmatismo abandonaram a ideia de que todos paises tem condições de serem democraticos a imagem e semelhança deles. No periodo da Guerra Fria temos que perdoa-los quando apoiaram ditaduras de direita anti comunismo sovietico porque estranhamente alguns paises,apesar de… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
Muitas das chamadas ‘democracias”, durante a guerra fria, na verdade eram ditaduras disfarçadas. Comandadas por oligarquias rurais/empresariais, e dinastias políticas violentas. No norte/nordeste do Brasil tínhamos (temos?) o exemplo dos “coroné”. Senhores feudais tipo família Collor, e Sarney… Veja também como era a Cuba do ditador Fulgencio Batista, na fase… Leia mais >>
Guga
Visitante
Os coroné tão tudo ai ainda e os radicar de esquerrrda depois que foram para o poder,democraticamente,compactuaram com todos e estavam na iminencia de dar um gorpi,politico,nos cofres publicos ja tinham praticado um gorpão. Cuba agora é quintar dos Castros,tinham mais chances com Batista. Os EUA não são santos,mas não… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante
Os EUA são os menos piores dos ruins. Mas está, lentamente, perdendo relevância no panorama mundial. A gritaria do Trump a uma prova disso. O planeta está cada vez mais MULTIPOLAR. A Europa inteira, destroçada pela Segunda Guerra Mundial, se recuperou, e estão ressurgindo as antigas potências. A China, que… Leia mais >>
Guga
Visitante
Não sei com quem voce compara os EUA e reconheço que eles estão com alguns problemas,até ideológicos,concordando que a riqueza está globalmente mais distribuida,as dívidas também,astronomicas,ridículas,colocando o proprio capitalismo em xeque. Não fossem algumas ´´trapaças´´ dos bancos centrais que largaram mão de certas leis e paradigmas,já teriam quebrado. A Europa… Leia mais >>
Robson La Luna di Cola
Visitante

Na área de tecnologia, temos a Alemanha, França, Reino (des)Unido, Rússia, e Japão. Na esfera geo-política, temos a Rússia mandando e desmandando no Oriente Médio e no Leste Europeu. A China também está colocando as manguinhas de fora. E por aí vai. Novos tempos.

Guga
Visitante

Retirar os EUA da equação economica e geo politica é um erro.

Robson La Luna di Cola
Visitante

Permita-me uma brincadeira: faltou combinar com os americanos, eheh. O Trump foi eleito presidente da maior potência global, com uma RETÓRICA nacionalista e não-intervencionista. Vamos ver na prática como será seu primeiro mandato.

Thiago Teixeira
Visitante

Esse negocio de “fomento ao desenvolvimento tecnológico nacional” é simplesmente intervencionismo, que já vem sendo tentado há muito tempo e não funcionou.

O governo muito ajuda quando nao atrapalha.
Exceto na segurança, que deveria ser o único foco do estado.

Bruno barreto
Visitante

Ate agora o unico que tem o minimo desse perfil pra mim e o alckimim……acho q seria um bom presidente

Marcelo Henrique Gonçalves @billmask
Visitante
Marcelo Henrique Gonçalves @billmask
Caro Caio, Bom dia. Para mim Macri é direita não populista, o que é bom. Mas sua comparação entre extremos Lula X Bolsonaro não parece ser tão precisa. O fato é que não temos um comportamento do Bolsonaro bem definido para ser direita populista. Temos, na direita, bizonhos como Pastores… Leia mais >>
Marcelo Henrique Gonçalves @billmask
Visitante
Marcelo Henrique Gonçalves @billmask

Caro Caio,
Preocupa-me, que há muito bate papo sobre Lula e Bolsonaro e ninguém mais vai para a rua no Brasil para apoiar a Lava Jato, pedir justiça, que o STF tome vergonha na cara… que o Congresso trabalhe de fato… Está todo mundo na ansiedade de 2018… já! Triste.

Leonardo M.
Visitante

Boa coluna! By the way, é ótimo quando a página deixa de lado o Trump para falar do resto do mundo como nessa semana.

Guga
Visitante
Que sirva de exemplo e faça um otimo governo,algo raro neste continente tão atrasado. O problema que certas reformas são dolorosas e isso abre espaço para os movimentos vorta dirma,lula,kirchner e etc. Conheço gente que acha que na epoca do lula era melhor,não entendem que a mrd que estamos hoje… Leia mais >>
Guga
Visitante

Rajoy mandou brasa,destituiu o governo catalão e vai convocar novas eleições.

Vera Lucia
Visitante
Caio, quando voce vai admitir que o Liberalismo que voce tanto preza acabou? Esse liberalismo representado pelo Partido Democrata e seu progressismo para fins conservadores resultou na tragédia Trump, por meio das redes sociais e caras como o Steve Bannon. Voce faz um discurso tão populista ao colocar o Lula… Leia mais >>
maisvalia
Visitante

Lula tem base social, paga, Hehehehe
Alem de pertencer à seita e mentirosa é doente mental.

maisvalia
Visitante

Essa, grelo, duro, é free
comment image

Thiago Teixeira
Visitante
Dona Vera Lucia, a sra parece tambem estar fora do Brasil. MBL é um movimento liberal, de uma ala um pouquinho comprometida com o fisiologismo. Nao tem NADA A VER COM BOLSONARO. Bolsonaro é um fenômeno próprio. Seu discurso politicamente incorreto e sua defesa do conservadorismo são suas principais tônicas.… Leia mais >>
maisvalia
Visitante

Duas para a gorda
1.
comment image

maisvalia
Visitante

2.
comment image

Renato
Visitante

A Argentina e nosso exemplo é nossa esperança.

Thiago Teixeira
Visitante

Quem anda mais perto de ser o “nosso Macri” é o dono da Riachuelo, potencial candidato do Partido Novo.

LMC
Visitante

O Macri tá mais pra um Maduro de direita:
manda a polícia matar quem pensa diferente
dele.kkkkkkkkkkkk

wpDiscuz
Close
SiteLock